sexta-feira, 18 de outubro de 2013

Aridez

Foi preciso apagar o mundo. 
Desligar as estrelas. Ensurdecer à música. Tirar a voz aos poetas. Despir a beleza.  
Foi preciso asfaltar o chão.
A aridez é uma forma de desesperada sobrevivência. 
Onde nada medra, a tua alma descansa.

2 comentários:

  1. A vagem seca e estéril, não descasa, não tem paz, porque não vive, vegeta.

    ResponderEliminar