quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Laranjeira

Vê-la doirada, plena.
Colher-lhe todos os frutos. Beber-lhes o sumo inteiro.
Cobrir todos os cabelos das suas flores.
Alisar as suas folhas, todas elas, uma a uma. Dedos em cada nervura, cada veio.
Deixá-la para que ela se encha de vontade, de novo, de se encher ela mesma.


3 comentários:

  1. Os "citrinos" estão a dominar o teu pensamento!

    ResponderEliminar
  2. adoro-a. sabia da existência do painel. é do período em que viveu no Brasil.

    ResponderEliminar