segunda-feira, 26 de setembro de 2011

A Frau

Os novos tempos são de austeridade e é necessário que conformemos os nossos hábitos com as especificidades da época. (Pelo menos, é o que me dizem).


Na minha habitual linha de excentricidade em matéria de empregados domésticos, mas consciente que este meu povo não iria compreender um criado de quarto russo com tiques de ex-KGB, fiz a minha concessão à tal da austeridade e contratei uma governanta alemã.




Tem o exacto aspecto que é légítimo esperar de uma governanta alemã.

5 comentários:

  1. o sapo Einstein manda um abraço solidário a Herr K.

    diz-me que ela tem sotaque...
    será que bate o robalinho no forno que a minha L. AKA o 4.º segredo de Fátima me deixou encaminhado para o jantar desta noite?

    ResponderEliminar
  2. tens que vir cá a casa experimentar o 4.º segredo.

    ResponderEliminar
  3. Ela tem um marrravilhoooso sotaco...

    ResponderEliminar
  4. Claro. Eu não brinco com coisas sérias.

    ResponderEliminar