sexta-feira, 15 de maio de 2015

Não voltarão

96

Um dia pedi a um velho sábio 
que me falasse sobre os que já se foram.
Ele disse: 
Não voltarão. Eis o que sei. 


In, Os Rubaiyat de Omar Khayyam
(Versão de Alfredo Braga, roubada da net)

2 comentários:

  1. 25.

    Passei ontem no oleiro,
    A sua arte é um jogo divinal.
    Eu vi, embora outros não tivessem visto,
    As cinzas dos antepassados nas mãos dele.

    Omar Khayyam/ Rubaiyat
    Assírio & Alvim

    Há tantas maneiras de voltar...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E essa é uma maneira muito bonita de mo lembrar.

      Eliminar