terça-feira, 5 de maio de 2015

Dos fracassos

Por outro lado, vistas as coisas de uma perspetiva puramente Beckettiana, deveria estar razoavelmente satisfeita comigo própria. Afinal, fracassei ainda melhor desta última vez. 

"Tenta. Fracassa. Não importa. Tenta outra vez. Fracassa de novo. Fracassa melhor." 

Beckett 

14 comentários:

  1. Querida Cuca, a Pirata,
    Tente novamente uma tentativa diferente.
    Boa sorte,
    Outro Ente.

    ResponderEliminar
  2. Ah Cuca, fazes-me falar.
    Em Junho de 2003 estive numa conferência em Lisboa, em cujo encerramento um determinado guru de nacionalidade britânica e muito ligado ao tema da conferência, que se realizava anualmente sempre em locais diferentes, diz, ao despedir-se da audiência "Até para o ano, encontramo-nos em Florença, e não se esqueçam de fazer mais, fazer muito e portanto cometer erros. Depois, venham contar-nos os vossos erros, para que outros não percam tempo a repeti-los." Perante isto, Cuca, só posso dizer que me senti feliz. E o teu post veio reavivar-me esta memória. Obrigada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Até os erros podem ser vistos como um acerto em crescimento. Adoro esses gurus.

      Eliminar
  3. "Understand procedure, understand war
    Understand rules, regulations
    I don't understand sorry


    You must feel frustration
    'Cause your mind feels such temptation
    And your ways appear a total lack of faith


    You may feel elation at your body's recreation
    And the joy you need, restricted by one thought


    Are you forever?
    Loss of purpose in a passive life
    Are you forever?
    Pale, regarded as a waste of time


    High times are courageous
    But in truth they suit no purpose
    Induced, reduced, unable and afraid


    Can you feel rejection and a lack of motivation?
    And the joy you need, restricted and delayed


    Are you forever?
    Loss of purpose in a passive life
    Are you forever?
    Pale, regarded as a waste of time


    I don't really know what sorry means
    I've been sorry all my life
    I'm sorry I was born, that's what my mother told me


    I don't really know what sorry means
    I've been sorry all my life
    I don't really know what sorry means"

    Paradise Lost - Forever Failure

    ResponderEliminar
  4. Condenados que estamos à imperfeição - e ainda bem, acrescentaria eu, pois é o desafio da aprendizagem que se entrelaça com a vontade de viver -, é maravilhoso ter oportunidade de continuar a poder fazer mais e melhor.
    Já tenho passado por cá, mas hoje não resisti a deixar um comentário :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E fez muito bem.
      (Preferia que fossemos perfeitos mas fico contente por poder continuar no mundo a cometer mais erros)

      Eliminar
  5. “Se eu não morresse, nunca! E eternamente
    Buscasse e conseguisse a perfeição das cousas!”

    ― José Joaquim Cesário Verde, O Livro de Cesário Verde

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esse ainda não li, mas vai para a lista.

      Eliminar
    2. aproveita que esse pra te fazer a desfeita também já não escreve mais foi pra casa dos pais

      Eliminar
  6. Citando Melville : "Quem jamais fracassou em algo, não pode alcançar a grandeza."
    Grande Cuca, é grande. Para mim que a leio é enorme.

    ResponderEliminar