quinta-feira, 18 de junho de 2015

Space Dementia

No outro extremo do cabo de madrepérola está a lâmina afiada que insiste em refletir os contornos de um rosto que já não reconheço. Também o punhal não me pertence. Terá de ser devolvido ao dono. Para que o guarde. Enterrado no coração.

"You will make us want to die
I'd cut your name in my heart
Will destroy this world for you
I Know you want me to
 feel your pain"

6 comentários:

  1. Creio não haver m2 - vago - dia 9!
    "We will be victorious" há-de ficar qualquer coisa de espectacular quando entoado em uníssono. Vou lá estar para me certificar. ;)

    https://www.youtube.com/watch?v=w8KQmps-Sog

    ResponderEliminar
  2. Respostas
    1. Suspeito que por mais uns dias também não teria conseguido.

      Eliminar
  3. Cara Cuca, a Pirata,
    Este post está um bocadinho a atirar para o cruel. Já o anterior estava com sabor a cru. Cuca, fazendo jus ao cognome. No seu melhor, claro.
    Bom dia,
    Outro Ente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ando a ler poesia árabe. Acho que é disso. :)

      Eliminar