domingo, 25 de setembro de 2016

Lago Tanganica - o verdadeiro comunicado

A intrépida tripulação que compõe este navio, zarpou ontem dos mares profundos onde se encontrava, rumando aos bancos de areia do Lago Tanganica, numa inédita operação de resgate dos três habitantes que desapareceram após o anúncio de uma cimeira secreta com vista à resolução do problema criado por aquilo do concurso do melhor blog do ano e, mais especificamente, pelo facto de nenhum dos habitantes do Lago ter sido nomeado.
Chegados ao Lago, embarcámos nos nossos botes insufláveis, aqueles que sobraram dos saldos de verão da loja dos chineses, e seguimos o rasto dos desaparecidos. Pese embora a natural tendência para transformar qualquer ninharia em epopéia, devo aqui admitir que a empresa não foi difícil. Bastou-nos seguir o fumo dos cohibas. 
Fomos dar com os cimeirados, num dos bancos de areia, atrás de uns arbustos, rodeados pelos restos de um festim de Barca Velha, paté de flamingo, estranhos casacos de griffe e dossiers secretos do conselho de ministros. Estavam os três semi inconscientes e num estado absolutamente deplorável, mesmo para os liberais critérios de uma tripulação pirata praticante do relativismo ético.
Recolhidos os organizadores da cimeira, os nossos propósitos humanitários de libertação e salvamento, como, aliás, já é timbre desta tripulação, foram objeto de um ligeiríssimo desvio. 
Vamos manter a Palmier, o Pipoco Mais Salgado e o Senhor Ministro entre nós até que nos rendam a fortuna ou, pelo menos, a glória de uma vitória no dito concurso, para o qual nos autonomeámos, corrigindo assim uma grave injustiça do sistema capitalista que a todos oprime e nem a pirataria deixa incólume.
Ou, pelo menos, até que acordem. 
Tenham medo. 


10 comentários:

  1. Considerando o teor alarmista deste comunicado de Capitā Cuca, acabo de publicar um categórico desmentido que acalmará certamente o bom povo blgosférico.

    (Passem lá pelo meu cantinho que depois eu passo pelo vosso...)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Diria que essa conversa do cantinho demonstra à saciedade que o blog Pipoco Mais Salgado deixou de ser controlado pelo próprio...
      A própria da fotografia postada também não é tão horrível como as originais.

      Eliminar
  2. Cuca, estou nos blogs pelo cumbíbio, toda a gente sabe isso...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que fraude... Só falta terminar os comentários com dois pontos seguidos por parêntesis!

      Eliminar
    2. (Ou, por outro lado... Ruben Patrick, és tu, meu amor??)

      Eliminar
  3. eu só queria deixar de ser rico.

    por favor, cara Capitã, nomeie os termos do resgate.

    (para o qual será essencial uma prova de vida e sinete de autenticidade, não vá dar-se o caso de ser o Ruben)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vou tratar disso da prova de vida.
      Enquanto ainda estão vivos...

      Eliminar
  4. Os piratas pagam impostos sobre saques, resgates e outro tipo de vilanias, sejam elas digitais, factuais ou imaginárias?

    Nada me daria mais gosto do que ser de facto o cobrador de fato, que mais não faz do que abordagens fiscais à pirataria coberta em ouro à conta de concursos de gabarito. Eles ficariam com o escorbuto, eu com o estatuto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tu?? Pois se és mais pirata do que eu...
      (A pirataria está isenta do pagamento de impostos. É um privilégio fiscal muito antigo!)

      Eliminar